17 de abril de 2011

Quem não recolhe, dispersa

“Quem não está comigo, está contra mim. E quem não recolhe comigo, dispersa” Como isto acontece na minha e na sua vida? “Não impeçam! Quem não é contra vocês é a vosso favor!” Como isto acontece na minha e na sua vida? Você tem ciúmes do bem dos outros, das pessoas, que iniciam a sua caminhada de fé e que se destacam na prática do bem e no anúncio do Evangelho?

Sempre que leio e medito sobre o Evangelho do Dia algo novo se revela, reconheço minhas limitações e vejo o quanto Deus nos ama. Também é momento de olhar com os olhos espirituais o que rola no nosso cotidiano. 

Este trecho da homilia do Padre Bantu me chamou a atenção para o pecado da inveja, do egoísmo e do interesse pessoal. Algo que vem dispersando as pessoas em nosso meio. Infelizmente, conheço algumas pessoas assim, que se diz de caminhada, que age conforme suas opiniões e vem fechando a porta do céu para os outros.

Já fui muito perseguido por estes indivíduos que não se cansam de abalar a fé dos outros. Confesso que isso mexeu demais comigo e terminei me deixando levar por eles. Afastei-me de tudo e de todos. Criei uma barreira religiosa entre a minha fé e o exemplo dessa gente má. Desenvolvi um repúdio às coisas da Igreja e às pessoas que nela estavam. Olha só o estrago que algumas pessoas podem fazer na gente de boa fé.

Mas o Senhor Jesus veio para nos libertar dos grilhões do pecado. Com Ele nada impede sua ação em nossa vida. Mesmo só, rejeitado e desacreditado pelos homens, estando com Deus, a Sua obra não deixa de acontecer.

Hoje vivo essa realidade, pois tudo que acreditei e lutei não foi em vão e, mesmo com tantos contrários, a obra do Pai vem se realizando gradativamente em minha vida. Por isso, meu irmão e minha irmã, confie apenas naquele que é sempre Fiel, naquele que tudo pode e que nos ama gratuitamente.

Não jogue sua vida nas mãos das pessoas pois, com certeza, você se decepcionará. Tenha Jesus Cristo como um colo perfeito para sua vida, nas dores e nos amores.

Pai, transforma-me em instrumento de teu amor misericordioso, a exemplo de Jesus. Por onde eu passar, possa ser testemunha de que teu Reino já chegou para nós.