7 de maio de 2011

NÃO SEJA VÍTIMA DA VIDA.

Existem muitas pessoas
De pessimismo tomadas
Por serem desanimadas
Criam um mundo inventado
De dramas e nostalgias
E pensam todos os dias
Que tudo só dá errado.

Por qualquer coisa reclamam
Agem com desconfiança
Carentes de esperança
Desprevenidas de fé
Só ao fracasso defendem
Parece que não entendem
O mundo como ele é.

Consideram-se inúteis
Têm atitudes contrárias
De ações comunitárias
Preferem ficar por fora
Em lamentações constantes
Acham sempre que o antes
É melhor que o agora.

Deixam que passem momentos
Importantes para a vida
Não ligam chance perdida
Escondem necessidades
Param no tempo bem cedo
Muitas vezes pelo medo
De enfrentar dificuldades.

Só sabem olhar o lado
Negativo das pessoas
No entanto, as coisas boas
São filmes fora das telas
Tudo amargo, nada doce
É como se a vida fosse
Um depósito de mazelas.

Quem leva uma vida assim
Dê uma volta por cima
Equilibre a autoestima
Fique de cabeça erguida
Tenha bons sonhos em vista
Deixe de ser masoquista
NÃO SEJA VÍTIMA DA VIDA.

Autor: Zé Bezerra