23 de junho de 2011

Morre O Mestre da Arte da Cantaria

Morreu no último dia (21/06) o senhor José Trajano, mais conhecido em Patu como "Pernambuco". Há vários meses "Pernambuco" vinha enfretando problemas de saúde. Ele morava sozinho em uma residência na praça João Carlos onde era assistido por amigos e vizinhos.
O pernambucano José Trajano "Pernambuco" exerceu em Patu uma importante profissão, a Arte da Cantaria, trabalho artesanal em Pedras. 
A Cantaria teve sua origem na Roma Antiga, onde a alvenaria de pedra atingiu o auge do seu desenvolvimento, chegando a construir exemplos seguidos pelos demais povos até os nossos dias.
Por definição, a Cantaria é entendida por pedra lavrada ou simplesmente aparelhada em formas geométricas para construção de edifícios e, em geral, para qualquer construção. As rochas são cortadas segundo as regras da estereotomia, esta definida como "a arte de dividir e cortar com rigor os materiais de construção", a fim de serem aplicadas às diferentes partes do edifício, como constituição das paredes, etc.
Veja o Trabalho de Pernambuco Realizado em Patu
   
Arco Principal da Entrada do Santuário do Lima, bem como na Igreja e outras dependências do Santuário
Fachada da Casa Paroquial
A calçada da Igreja Matriz de Nossa Senhora das Dores é toda desenhada em pedras, com figuras como por exemplo a lua e a nave Apolo 11 da NASA que levou o homem a lua em 1969. Veja na foto.
Foto: Patunews
Veja o trabalho em pedra na lateral da Igreja Matriz e no piso, com a figura de uma estrela no círculo

Fonte: Blog A Folha Patuense