9 de janeiro de 2012

História do Santuário - Profº. Silvano Schoemberger

Pe. Henrique volta ao Pai. 
Pe. Henrique Spitz escolheu o dia 13 de maio de 1977 como festa de inauguração de todas as obras por ele iniciadas em 1948. No dia, Pe. Henrique fez o seguinte pronunciamento: “ ... fiz tudo na santa obediência. Agora devem os superiores maiores receber a obra e continuar sua administração. Construí o hotel, porque tive ordem superior, mas não sei fazer o mesmo funcionar e administrar. Sou sacerdote e quero fazer pastoral e não administrar hotel Providenciou sua sepultura em granito esculpido por “Pernambuco” num dos vãos do Santuário. Em novembro recebeu a visita de seu irmão Pe. João que exercia o sacerdócio na fria Noruega. Sentia tanto calor no Lima que de vez em quando ficava sentado na frente da geladeira aberta. No dia 19 de setembro de 1977 Pe. Henrique aceitou convite e participou da Festa de Nossa Senhora de La Salete em Santo Ângelo, RS, ocasião em que pediu um colaborador. Pe Xavier Schuppert se ofereceu e chegou ao Lima dia 8 de novembro de 1977. Além de Pe Henrique ali se encontrava Pe. Luís Gonzaga Kehrle, que tinha deficiência vocal, mas apesar de seus 84 anos sempre estava disposto a atender as confissões dos romeiros. No dia 02 de janeiro de 1979 Pe. Henrique sentindo-se muito doente, seguiu a Recife. No dia 08 internou-se no Hospital Português. Queria que tudo fosse rápido, pois queria voltar logo ao Lima. Os médicos constataram câncer no esôfago. Não queria submeter-se à cirurgia , mas convenceram-no a tal como única alternativa. Foi um cirurgia delicada. Após três semanas, os médicos perceberam que o câncer estava sem controle. Ficou alguns dias em coma e no dia 10 de fevereiro de 1979 faleceu no hospital. O Provincial Pe. Heribert Stahl providenciou o translado do corpo para o Lima onde foi sepultado no dia 11 de fevereiro com a presença de Dom Gentil, seis sacerdotes e muito povo. Em seguida, Pe. Xavier enviou carta à Província do Sul, solicitando a transferência de um padre para assumir a administração do Santuário do Lima.
 Pe. Henrique em solenidade do Hotel do Lima, onde dizia que tinha construído, mas, não sabia administrá-lo   
 Igreja antiga do Santuário do Lima que deu lugar a construção do Novo Santuário por Pe. Henrique Spitz
 Construção do novo Santuário
 Santuário concluído, uma das Sete Maravilhas do RN deixada por Pe. Henrique Spitz 
Foto antiga do Hospital Português - Recife-Pe 
 No dia 02 de janeiro de 1979 Pe. Henrique sentindo-se muito doente, seguiu a Recife. No dia 08 internou-se no Hospital Português.
Foto atual do Hospital Português - Recife-Pe
Pe. Henrique providenciou sua sepultura em granito esculpido por “Pernambuco” num dos vãos do Santuário. O corpo foi sepultado no 11 de fevereiro de 1979.
Texto: Blog A Folha Patuense
Fotos: Arquivo Site do Santuário