1 de setembro de 2012

A importância do voto consciente


A pouco mais de um mês das eleições, é necessário se manter atento para a escolha dos candidatos. Neste período acontece uma verdadeira caça ao voto, por isso é necessário ficar atento e analisar profundamente aqueles que constantemente clamam por um voto.

O Concílio Vaticano II adverte: “Todos os cidadãos se lembrem, portanto, do direito e, simultaneamente, do dever que têm de fazer uso do seu voto em vista da promoção do bem comum.” (“Gaudium et Spes”, nº75). Desta forma, à luz do Evangelho e da Doutrina Social da Igreja, é necessário analisar os projetos e a vida política dos candidatos antes de tomar a decisão final.

É importante destacar que não cabe à Igreja indicar ou apoiar um candidato. Em um artigo publicado no Portal da Arquidiocese neste mês de agosto, o Vigário Episcopal para a Caridade Social, Cônego Manuel Manangão, esclareceu o papel da Igreja neste momento de eleição: “Assim, no que toca à sua missão, não compete à Igreja, essencialmente, sugerir uma opção partidária determinada, mas sim conclamar todos os seus leigos, cuja vocação é exatamente a de santificar a realidade temporal, para que cada um assuma suas responsabilidades com empenho e coerência.”

Existem alguns mecanismos que podem facilitar na escolha do candidato. Um deles é a campanha “A vida depende do seu voto!” organizado pelo Movimento Nacional da Cidadania pela Vida – Brasil sem aborto, que lançou recentemente um comunicado aos partidos políticos visando à divulgação dos nomes de candidatos pró-vida para que os eleitores saibam quem são aqueles que abertamente defenderão a vida se forem eleitos. Em carta direcionada aos Presidentes dos Diretórios Municipais dos Partidos Políticos Brasileiros, o texto afirma: “Deste modo, o Movimento Brasil Sem Aborto, através de seus Comitês Estaduais e/ou Municipais, ou por meio de grupos pró-vida organizados no âmbito municipal, está fazendo o trabalho de identificação de possíveis candidatos e candidatas aos dois cargos em disputa nestas eleições que desejem assinar Termo de Compromisso com firma reconhecida em cartório, conforme texto anexo. Uma vez assinado o referido termo de compromisso, o nome do candidato (a) a prefeito (a) ou vereador (a) constará do site do movimento http://www.brasilsemaborto.com.br/?action=campanha possibilitando aos eleitores o acesso aos candidatos pela vida nestas eleições”, informam os pró-vidas brasileiros.
Segundo o Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, para a construção de um mundo melhor é necessário haver um interesse pela política:

— A participação política é uma coisa boa. Quem quer construir um mundo melhor ou uma cidade melhor tem que se interessar pela política. Cabe a nós também ajudar a pensar sobre isso, afirmou.

Por isso, é necessário ficar atento e se conscientizar quanto à importância do voto. Segundo o Bispo animador da Escola de Fé e Política, Dom Pedro Cunha, o voto é um gesto de liberdade, por meio do qual o cristão estará escolhendo aqueles que irão representá-lo. Por isso é necessário escolher com responsabilidade:

— O voto requer o exercício da liberdade e da responsabilidade.
Raquel Araujo