11 de outubro de 2012

12 de Outubro - Salve Virgem Aparecida padroeira do Brasil


A história de Nossa Senhora da Conceição Aparecida tem seu início pelos meados do ano de 1717. Nessa época, chegou a notícia de que o Conde de Assumar, D. Pedro de Almeida e Portugal, Governador da Província de São Paulo e Minas Gerais (atualmente Estados de São Paulo e Minas Gerais) iria passar pela Vila de Guaratinguetá, a caminho de Vila Rica (hoje cidade de Ouro Preto), Minas Gerais.
Convocados pela Câmara de Guaratinguetá, os pescadores Domingos Garcia, Felipe Pedroso e João Alves saíram à procura de peixes, no Rio Paraíba. Desceram o rio e nada conseguiram. Depois de muitas tentativas, sem sucesso, chegaram ao Porto Itaguaçu.
João Alves lançou a rede nas águas e apanhou o corpo de uma imagem de Nossa Senhora da Conceição sem cabeça. Lançou novamente a rede e apanhou a cabeça da mesma imagem. Daí em diante, os peixes chegaram em abundância para os humildes pescadores.
Durante 15 anos seguidos, a imagem ficou com a família de Felipe Pedroso, que a levou para casa, onde as pessoas da vizinhança se reuniam para rezar. A devoção foi crescendo no meio do povo e muitas graças foram alcançadas por aqueles que rezavam diante da imagem.
A fama dos poderes extraordinários de Nossa Senhora foi se espalhando pelas regiões do Brasil. A família construiu um oratório, que logo tornou-se pequeno.
Por volta de 1734, o Vigário de Guaratinguetá, construiu uma Capela no alto do Morro dos Coqueiros, aberta à visitação pública em 26 de julho de 1745.
Mas o número de fiéis aumentava e, em 1834 foi iniciada a construção de uma Igreja maior ( a Basílica Velha).
No ano de 1894, chegou a Aparecida um grupo de padres e irmãos da Congregação dos Missionários Redentoristas, para trabalhar no atendimento aos romeiros que acorriam aos pés da Virgem Maria para rezar com a Senhora "Aparecida" das águas.
Em 08 de dezembro de 1904, a imagem de Nossa Senhora Conceição Aparecida foi coroada, solenemente, por Dom José Camargo Barros. No dia 29 de abril de 1908, a Igreja recebeu o título de "Basílica Menor".
Vinte anos depois, a 17 de dezembro de 1928, a vila que se formava ao redor da Igreja no alto do Morro dos Coqueiros tornou-se Município. E, em 1929, Nossa Senhora foi PROCLAMADA RAINHA DO BRASIL E SUA PADROEIRA OFICIAL, por determinação do Papa Pio XI. 
Com o passar do tempo, a devoção a Nossa Senhora da Conceição Aparecida foi aumentando cada vez mais. A primeira Basílica tornou-se pequena para acolher a multidão que visitava Nossa Senhora. 
Era necessária a construção de uma Igreja maior para acomodar tantos romeiros. Por iniciativa dos Missionários Redentoristas e dos senhores Bispos, foi iniciada, em 11 de novembro de 1955, a construção da atual Basílica Nova.
Em 1980, ainda em construção, foi consagrada pelo Papa João Paulo II, e recebeu o título de Basílica Menor. Em 1984, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) declarou a Basílica de Aparecida o Santuário Nacional e maior Santuário Mariano do Mundo.
Nossa Senhora, a mãe de Jesus, recebeu muitos títulos: N.S. de Lourdes, N. S. de Fátima, N.S. de Guadalupe, N.S. Aparecida e muitos outros. 
Nossa Senhora é a Mãe de Deus. Jesus é Deus. E Maria é Mãe de Jesus. Isabel lhe disse: ´A que devo a honra de receber a Mãe do meu Senhor?´(Lc 1,43) Os santos a chamam de ´Onipotência Suplicante´, isto é, pode tudo com as suas súplicas a seu Filho. TEOTHOKOS (Mãe de Deus) (Gal 4,4)
Nossa Senhora é Imaculada (08 de dezembro). Isto é, foi concebida no seio de sua mãe (Sta. Ana) sem o pecado original, que todos os homens herdam dos pais. Maria foi preservada do pecado original pelo sacrifício de Jesus na Cruz. Deus antecipou para Ela a redenção. Para Deus o tempo não é obstáculo. Este dogma foi proclamado pelo Papa Pio IX, solenemente, em 1854, e confirmado pela própria Virgem em Lourdes, 4 anos depois, quando disse à menina Bernadete: "Eu sou a Imaculada Conceição", em 1858. 
Maria foi livre do pecado para que Jesus também o fosse; isto é, livre das cadeias do pecado, da morte e de Satanás, para poder vencê´lo e libertar a humanidade escrava.

Oração a Nossa Senhora Aparecida
Ó Incomparável Senhora da Conceição Aparecida, Mãe de Deus, Rainha dos Anjos, Advogada dos Pecadores, Refúgio e Consolação dos Aflitos, livrai-nos de tudo o que possa ofender-vos e a vosso Santíssimo Filho, meu Redentor e Querido Jesus Cristo. Virgem bendita dê proteção a mim e a minha família das doenças, da fome, assalto, raios e outros perigos que possam nos atingir. Soberana Senhora dirige-nos em todos os negócios Espirituais e Temporais. Livrai-nos das tentações do demônio para que trilhando o caminho da virtude, pelos merecimentos de vossa puríssima Virgindade e o preciosíssimo sangue de vosso Filho, vos possamos ver, amar, e gozar da eterna glória, por todos os séculos. Amem!