18 de agosto de 2016

XVII Congresso Eucarístico Nacional

Filhos e filhas,

A Igreja do Brasil está vivendo uma semana riquíssima. Está acontecendo em Belém (PA), o XVII Congresso Eucarístico Nacional com o tema: “Eucaristia e partilha na Amazônia Missionária” e lema: “Eles o reconheceram no partir do Pão” (cf. Lc 24, 35).

O Congresso Eucarístico é uma oportunidade para que todos os católicos professem a fé na realidade da Santíssima Eucaristia, seja participando aqui em Belém, pelos meios de comunicação ou mesmo através das orações. 

A Eucaristia está no centro da vida da Igreja, no centro da comunidade. A Igreja vive da Eucaristia. Ela sempre foi considerada o “sacramento da Igreja”: a Eucaristia faz a Igreja e a Igreja faz a Eucaristia. Não se edifica nenhuma comunidade se esta não tiver sua raiz e seu centro na Eucaristia, lembra o Concilio Vaticano II (PO 6).

Nosso Senhor Jesus instituiu a Eucaristia na noite em que foi entregue, enquanto ceava com os apóstolos. Jesus inaugura o rito eucarístico, oferecendo aos apóstolos o sacramento do pão e do vinho, seu próprio corpo e sangue em comida e bebida e mandando que fizessem o mesmo em sua memória deu-lhes o poder de realizar este sacramento, até que Ele venha. 


Na missa, a ceia do Senhor, o povo de Deus é convocado e reunido para celebrar a memória do senhor, o sacrifício eucarístico.

Fazer uma experiência da presença real de Jesus é também amá-lo e verificarmos se nosso coração esta inteiro Nele ou está dividido.

É descobrirmos onde deixamos cada pedaço do nosso coração e pedirmos que o Espírito Santo nos revele qual parte do nosso coração não pertence ao Senhor. 

É nos deixar forjar no fogo do Espírito, para que os pedaços do nosso coração sejam fundidos como uma única peça, uma única joia, que não mais se separe em pedaços, e seja todo do Senhor.
Que esse Congresso Eucarístico seja uma ótima oportunidade para fazermos uma verdadeira experiência com Jesus Eucarístico. 

Deus abençoe,

Texto de Padre Reginaldo Manzotti